Resenha: Revlon Age Defying

16:43

Da ultima vez que fui para Rivera (Uruguai), uma das coisas que estavam no topo da minha listinha era comprar uma base boa. Boa mesmo. Isso porque a que eu tinha acabou a séculos e eu só tinha o BB Cream. O grande problema é que eu sou bem branquinha, portanto, o ÚNICO modelo nos free shops que tinha o meu tom era esse da Revlon, que por sinal é para rejuvenescimento facial UAHHA. Enfim, acho que  mal não faz, né?
Não sou fã de base, confesso. Pra ser sincera, odeio aquela sensação "melada" no rosto, sabe? Mas gostei dessa, quebra um bom galho,

Primeiro: a cobertura. Ela é bem boa, cobre bastante as imperfeições, mas tem que ter cuidado. Ela é EXTREMAMENTE liquida, e acaba ficando um pouco empapada se não espalhar bem. Não é uma base boa de ser passada com pincel porque sempre fica com restos nos cantinhos. No entanto, eu gostei bastante dela porque justamente por ser bem liquida, acaba sendo bastante econômica, né? 

Eu já tive muuuuuita acne. Me tratei com o Roacutan e, hoje em dia, raramente tenho uma espinha. Entretanto, minha pele é um pouco avermelhada (de família) e isso me incomoda bastante. Essa base, por ser bem branquinha, acaba cobrindo bem estes vermelhidões e me auxilia muito quanto a isto.

Nestas fotos de "depois" estou só com a base, sem corretivo e sem pó. Legal, né?
Não costumo usar base no dia-a-dia. Uso, no MÁXIMO, BB Cream ou protetor solar. Opto pela base quando tenho algum compromisso importante, quando vou a uma festa, quando vou fotografar looks ou quando vou gravar vídeos aqui para o blog. Fora isso, estou sempre sem ou com no máximo corretivo. Não curto muito usar base, por isso uso somente quando necessário.

É uma base boa, não achei maravilhosa porque não gosto do tipo de produto mesmo, sabe? Mas em geral é uma base boa e que eu indicaria bastante! 

Um beijo, Dó.

Você talvez vá gostar

0 comentários

Mande um recadinho!

Facebook