Na estante: O garoto da casa ao lado - Meg Cabot

by - segunda-feira, fevereiro 10, 2014

Oba! Hoje é dia de resenha literária. <3
Comprei esse livro há uns três meses, mas demorei para engrenar na leitura porque não é o tipo de livro que te conquista desde os primeiros parágrafos, sabe? Mas me interessei muito pois é um livro bem diferente, digamos assim. Calma, vocês entenderão ao decorrer da resenha!

Para começar, devo dizer que o livro é bem irônico, engraçado e bem humorado, não é um livro para chorar. Diferente da maioria dos que eu leio, este me encantou pela sinceridade dos personagens e por eles serem tão reais e "normais", sabe? 

No entanto, o grande diferencial do livro é outro: ele é todo, todinho, completamente escrito por e-mails. Sério. O livro é desde a primeira página recheado de troca de e-mails entre os personagens, e é assim que a história é narrada. Um tanto original, vocês precisam concordar. No inicio da leitura fiquei um pouco intrigada e irritada com aquela situação, eu queria parágrafos, falas, conversas e não encontrava. Mas no fim das contas fiquei tão encantada e apegada com a história que acabei me acostumando e até mesmo gostando do estilo da narrativa. 

Outro fator que colaborou para que eu gostasse do livro: a história se passa, basicamente, dentro de um jornal e a maioria dos personagens são jornalistas! <3 Sim, amor eterno. 

O livro conta a história de uma colunista social chamada Melissa Fuller, que vive uma vida aparentemente normal. Até que um dia ela precisa socorrer a sua vizinha idosa de um golpe na cabeça. Acontece que a vizinha tem dois gatos e um cachorro, que precisam de cuidados bem especiais. Então, o sobrinho misterioso da idosa (e o único parente que ela tem) se muda para o apartamento dela para cuidar dos bichinhos. Entretanto, ao longo da história, Mel percebe que talvez ele não seja quem realmente parece ser.

A história é legal justamente porque o mistério ocorre entre os personagens enquanto nós, leitores, já sabemos de tudo. É do tipo de livro que você fica conversando com os personagens mentalmente, sabe? Hahahaha. 

Bom, eu amei a história e já estou com saudade dos personagens :( 

Sem contar que a leitura é super rápida, fácil e prazerosa, ótima para ler nesse restinho de férias... Recomendo, viu?

E vocês, leitoras que já leram esse livro, deixem suas opiniões aqui nos comentários, viu?

Beijos, Dó! <3

You May Also Like

0 comentários