Na estante: A Parisiense

00:13

No inicio desse ano fiz uma lista de metas para o ano. Dentre elas, um dos meus maiores desejos é ler, no mínimo, um livro por mês (fácil, né?). Pois é, comecei o ano muito bem! Em janeiro li, no total, três livros e comecei outro. Estou muito feliz em estar conseguindo cumprir minhas metas! =D

Bom, quando eu comprei esse livro, na verdade eu não queria comprá-lo. Eu estava em busca do "Quem é você, Alasca?" do John Green (<3), pois eu ficaria horas no aeroporto/avião voltando do nordeste (confira os vlogs aqui!), mas como o livro estava em falta eu tive que optar por outro. Fiquei horas dentro da livraria porque eu estava muito indecisa e, para ajudar, a livraria era bem pobrezinha, sem muitas opções. :(

Já tinha ouvido falar muito bem do livro A Parisiense, lido algumas resenhas e até folhado em outra livraria. Ele estava na minha wishlist, mas não era prioridade no momento. No entanto, como não tive muitas opções, resolvi comprá-lo. 

O que mais me encantou no livro foi a estética, confesso. O livro é maravilhoso, um dos mais bonitos (se não o mais) que eu tenho. É todo envernizado e a capa me lembra um couro. O título é todo em dourado, um luxo. Entretanto, o conteúdo também é muito atrativo. É um livro muito bem feito, tem um toque de ironia, humor e elegância. Não é um livro de moda comum. 


Nele a autora, Ines de la Fressange, dá dicas de como se vestir e se comportar como uma típica parisiense. Além disso, indica lojas, hotéis e restaurantes muito legais em Paris. Ines também dá dicas de beleza das parisienses.


Na minha opinião, o livro é ótimo, mas diversas vezes a autora cita coisas que eu, particularmente, não concordo. E coisas que às vezes podem soar até mesmo arrogâncias, dependendo do ponto de vista, sabe? O livro mostra uma opinião muito chique sobre a moda, e a autora não mede palavras quando fala sobre coisas que acha que são erradas no mundo fashion. 

 Apesar de tudo, é um livro de uma leitura muito agradável e rápida! Terminei em pouquíssimas horas a leitura (cerca de 3 horas), o que é relativamente pouco para um livro de mais de duzentas páginas. Mas tudo isso porque existem páginas apenas com ilustrações, outras com letras garrafais e etc.

Com toda certeza é um livro muito bem produzido, bem escrito e que eu, apesar dos pesares, adorei e indico bastante! Ao contrário do Moda Intuitiva, que eu resenhei aqui, A Parisiense é SIM um guia de estilo.

Vou encerrar dizendo que o livro é bem bom, mas eu esperava mais. Indico para quem quer uma leitura fácil e prazerosa, para ler durante uma viagem, na praia ou em uma tarde de tédio, sabe? É um livro que me prendeu bastante. 

E vocês, meninas que já leram A Parisiense, deixem aqui abaixo o seu comentário com sua opinião sobre o livro, viu?

Beijos <3

Você talvez vá gostar

0 comentários

Mande um recadinho!

Facebook