A história do meu cabelo

01:45

Hoje eu resolvi fazer um post mais escrito, contando toda a trajetória da minha vida em relação ao cabelo. Vocês sabem que eu amo de paixão esse assunto e adoro conversar sobre isso, hehe. No entanto, confesso que não tenho grandes coisas para contar pra vocês. :( Resolvi escrever esse post porque recebo muitas perguntas diariamente sobre o meu cabelo e achei que poderia ser interessante contar tudo por aqui. O que acham? 

Ahhhh, é válido avisar que essa postagem conterá muitas fotos de queimação de filme, preparem-se! KKK. E infelizmente não consegui muitas fotos, mas espero que o post consiga ficar suficientemente ilustrativo e que vocês gostem da ideia.

Vamos começar pelo começo. Sim, minha cor é natural e eu nasci assim, loirinha da silva. Essa foto é a prova disso (eu não colocaria uma foto minha com a boca lambuzada de feijão a toa), haha... Vivi praticamente toda a minha infância com o cabelo assim chanelzinho e ele era bem lisinho. Depois de uma certa idade comecei a deixar crescer...


E aí mantive ele assim, um pouco abaixo dos ombros, por loooongos anos. Ele continuava super liso, mas como eu era uma criança, não tinha muitos cuidados e era, confesso, bem relaxada até. Aí, com uns dez anos, ele estava bem comprido. Até que um dia eu fui no salão com minha mãe e pedi pra cabeleireira cortar curto, na altura dos ombros de novo. Foi nessa época que ele começou a ficar bem rebelde (juro que não tenho foto disso, se não eu mostrava! "/), começou a enrolar um pouco acima das orelhas, arrepiou, ficou armado, etc. Um terror! Com doze ou treze anos fiz minha primeira progressiva.

Na sexta série cortei meu cabelo no ombro (quase chanel!) de novo. Eu tinha amado o resultado! Acontece que com o tempo eu fui sentindo falta dos cabelos longos, até que no inicio da sétima série ele era assim, mais ou menos longo e repicado (ah se eu soubesse nessa época que esse corte só piorava a rebeldia dele..). Mas não estava tão ruim, né?! Nesse ano eu ainda fazia alisamento, cerca de dois por ano. 

Essa foto é do final de 2011, meu cabelo estava super longo tendo em vista que menos de um ano e meio antes eu tinha cortado no ombro! Eu amava meu cabelo nessa época.

Esse era meu cabelo em 2012, quando eu comecei a parar com os alisamentos, sobrevivendo apenas com o secador e a chapinha em casa. Cresci, amadureci e comecei a aprender a cuidar do fio, como hidratá-lo, o que usar, etc. Foi uma época boa do meu cabelo (dá para ver nessa última foto que ele estava bem saudável, né?!). =D

Acabei relaxando um pouco, portanto no inicio de 2013 ele estava enoooorme e super detonadão. :( Cortei novamente no meio das costas e comecei a cuidar DE VERDADE do meu cabelo. Foi quando eu tomei a decisão final, sabe? Não queria mais ter que cortar um pedação porque cuidei mal.

Agora, inicio de 2014, meu cabelo está assim! Ele está super comprido e eu estou com planos de cortá-lo (não muito, prometo! hehe). É que por mais que a gente cuide muito, uma hora o cabelo "cansa" e precisa de um novo corte, né? As pontas não sobrevivem mesmo com uma série de cuidados, infelizmente. Entretanto, estou feliz e satisfeita com ele atualmente. Não faço mais alisamento e só uso a chapinha em casos de extrema necessidade, mas seco todos os dias com o secador!

Viu só, já acabou... Eu disse que não tinha muito o que contar, hehe. O que vocês acharam desse post? Estou pensando em fazer um post atualizado contando sobre minha história com as espinhas e como eu comecei a tomar Roacutan, etc. Seria bacana, não? Não deixem de comentar, pufavô <3

Beijos meus amores! Até amanhã...




Você talvez vá gostar

0 comentários

Mande um recadinho!

Facebook