10 dicas básicas para começar um blog | Parte 1

08:00

Olá, amores, como estão?Das tantas perguntas que recebo diariamente, sem sombra de dúvidas a mais frequente é: "Dó, quero criar um blog, como começo?". É realmente muito difícil responder a essa pergunta, principalmente porque eu sei que a maioria das pessoas que me perguntam isso não estão se referindo as questões práticas. Não querem apenas saber a parte técnica, entende? Envolve muito mais do que isso. Estive refletindo um pouco sobre o assunto e preparei um pequeno guia com 10 dicas básicas de como começar um blog, independentemente do assunto. Peço que se blogueiras que me acompanham tiverem tópicos importantes para acrescentar, comentem e vamos todas nos ajudar! Beleza?Agora chega de papear e vamos às 10 dicas de como criar um blog desde o início. Vamos lá?

Por que você quer criar um blog?

Penso que essa é a pergunta fundamental no momento que você cria um blog. Sem ela você não terá o discernimento claro se ele será para trabalho ou hobby. É claro, não se preocupe: um blog que é iniciado por pura diversão pode sim se tornar um trabalho. O Charme Divino é a prova viva disso! :) No entanto, no momento que você cria é importante saber o que você quer no começo. Acredite: isso vai influenciar todo o resto, desde o conteúdo, até a organização, frequência e seriedade do negócio. Portanto... por que você quer criar um blog? Reflita muito bem sobre isso antes de tudo.Você quer por que quer expor sua opinião, falar com as pessoas, ter fãs, receber produtos ou ganhar dinheiro? Nenhuma dessas vontades é menor do que outra e não pode (nem deve) ser julgada, mas não podemos deixar de lado o fato de serem prioridades bem diferentes e antagônicas. Tenha seu real objetivo em mente e seja sincero com você mesmo.

Defina o assunto, o nome e tenha um domínio

Muitos pensam que o nome é o mais importante de tudo na hora da criação de um blog. Na minha opinião, não. Eu acredito que ele é sim relevante, mas importa muito mais o assunto do seu blog do que todo o resto. Acredite fielmente nisso e seu blog tem muito mais chances de dar certo. Porque sim, um blog vive do seu conteúdo. Guarde isso!Enfim. Sei que é complicado definir um conteúdo certo porque na maioria das vezes queremos falar sobre tudo o que gostamos, sabemos e nos interessa. Eu mesma fico toda atrapalhada quando me questionam sobre o que falo no meu blog. Confusa, respondo: falo de tudo. E na verdade, não há problemas nisso. Você pode falar sobre tudo, sim! 

Falando nisso, se fosse criar meu blog hoje em dia, o nome seria Dóris Baumer (meu nome). Acho que apesar de Charme Divino já ser bem genérico, eu gostaria de ter algo mais abrangente. Por isso, pense bastante sobre seu conteúdo e um nome que combine com isso. Nomes personalizados ficam mais bacanas quando você pretende escrever para um nicho determinado.A respeito do domínio... antigamente eu diria que você não precisa disso para começar. Mas, sendo sincera, com a imensidão de blogs que existem por aí, você acredita que um em que tenha .blogspot ou .wordpress na url, possui a mesma posição em relação aos outros? Eu penso que não. Portanto, digo que sim, um domínio é de extrema importância. Se você ainda está meio perdido, te explico: um domínio é a url, o link do seu blog. Existem milhares de sites nos quais você pode comprar o seu e geralmente são bem acessíveis. O meu, que é www.charmedivino.com.br, comprei no Uol Host (que por sinal muita gente reclama, mas nunca tive problemas) e pago cerca de R$50,00 por ano. Há sites mais caros que disponibilizam mais opções, mas sinceramente não sei dizer se é necessário. Como disse acima, nunca passei por situações problemáticas com esse serviço.

Plataforma e hospedagem: wtf?

Para você ter um blog ele precisa estar inserido em uma plataforma e ter uma hospedagem. As plataformas mais conhecidas são o Wordpress e o Blogger. Aqui no Charme Divino eu uso o Blogger. Ele é totalmente gratuito e já possui hospedagem, ou seja: não pago nada por ele. O Wordpress é super famoso também, mas pelo que já ouvi falar, para ele ser bom precisa ser pago. As funções gratuitas são extremamente limitadas.  Como a hospedagem do meu blog estar inclusa na minha plataforma, não sei informar muito bem a vocês a respeito disso. Sei que existe e sei que é pago, mas não sei até que ponto possui vantagens em relação a plataforma gratuita do Google, o Blogger, que é intuitivo e super fácil de mexer. 

Identidade visual e layout 

Já antecipo: você não precisa ter um super layout personalizado e todo diferentão. Sabe aquela história de que menos é mais? É verdade. Existem milhares de sites na internet que disponibilizam layout prontos e gratuitos. Se você possui um conhecimento mínimo e básico sobre html, terá facilidade em instalá-lo no seu blog. Entretanto, mesmo que não tenha, acredite: sairá muito mais em conta contratar alguém só para ajustar o layout pronto do que criar um novo do início. Eu acho que vale a pena! 

Porém, contudo, no entanto... acredito que é fundamental que você tenha uma identidade visual. Todas as vezes que você postar qualquer coisa, em qualquer lugar, as pessoas irão te reconhecer facilmente pela sua identidade visual. Aqui no CD, no nosso novo layout é o trigo e a fonte personalizada. Usar sempre a mesma fonte e as mesmas cores é uma maneira bem fácil de manter a identidade visual do seu blog.

As tão famosas redes sociais

Não só de pão vive o homem. Não só de blog vive um blog. Com essa relação analógica, devo dizer: você precisa ter redes sociais. Hoje em dia, você divulga as suas redes umas nas outras. Quanto mais em contato você estiver com o público, mais público você vai ter. Provavelmente você já viu alguma blogueira, ou até mesmo eu, falando no snapchat: "meninas, acessem o blog para ver o post novo", "façam perguntas no meu Instagram que irei responder aqui no snap". Isso é muito comum, pois faz com que as pessoas interajam e visitem todas as suas redes sociais. Além, é claro, de ser uma ferramenta poderosa de divulgação.Amores... o post está ficando maior do que eu imaginava. Meu Deus! Hahahaha! Pensando nisso, decidi fazer uma parte dois, para que assim não fique cansativo para ninguém. Ok? Aguardem, pois em breve postarei a parte 2 com as 10 dicas completas para criar um blog.Um beijo e até lá!

Você talvez vá gostar

5 comentários

  1. Estava ansiosa para ler este post, já estou me programando para comprar um domínio, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faça isso e dedique-se ao que você tem vontade! <3

      Excluir
  2. Que legal o post Dóris :)
    Fico receosa de criar meu blog no Blogger com medo que de algum problema com a hospedagem gratuita do blogger, e tbm se um dia tiver que migrar para o WordPress,mas acho o blogger mais intuitivo :/

    Bjuxxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Schai, eu já tenho blog nessa plataforma há três anos e nunca tive problema algum. Além disso, conheço muitas outras blogueiras que também utilizam o blogger. Pesquisa e veja o que vale mais a pena para você! Beijão

      Excluir
  3. Exatamente, concordo, rs é preciso saber o que se quer para criar o blog.
    Eu, por exemplo, tenho o meu para compartilhar o que penso e experiências.
    Nunca foi a intenção de ser um trabalho, até porque não me esforço para tal, poderia? Poderia, mas no momento não tenho tempo pra isso.

    Então, no momento não penso em domínio, até porque se fosse fazer acho que mudaria de nome.
    O que mais mudo é o layout, nunca chego onde quero. Nem sei o que quero que ele passe. - loka -

    Suas dicas são tipo básicas para quem quer criar um blog, tem que seguir exatamente isso. Quero ver as próximas, porque é boom de detalhes né. Eu que tenho blog desde 2006 que o diga, sem falar que já criei, excluí tantoss que nem lembro.

    Meniiiina tô passada em como tu é linda ÓÓ
    Vou ver outros posts
    xerão

    http://rascunhosehistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Mande um recadinho!

Facebook